Rio de Janeiro - 

Brasil - Dilma sim ! Dilma nāo ! 0s erros de uma grande dama

Luis Fabiano Soares - 03/01/2016 - 15h07
O perigo da jovem democracia brasileira, ainda sofre com o curto período pós ditadura. Nāo ainda sedimentada, presa em pilares frágeis. Dilma ruim de discurso e de palanque, resiste bem aos ataques diários. Os erros de Dilma Rousseff.

1. continuar a política fisiológica burguesa de sempre, de trocar cargos por votos dos conservadores na câmara de deputados e senadores;
2. articular-se menos que o necessário com os setores da sociedade, com os líderes políticos, flexibilizar-se talvez em algumas situações, arquitetar melhor seus planos e ações;
3. Por em prática uma pauta econômica reacionária, o discurso perdedor direitista do ajuste fiscal, de fechar as torneiras, tendo feito um discurso diferente na campanha da reeleição;
4. Teve o azar de nessa nova eleição, o país eleger um congresso mais conservador e direitista, ela ficou refém deles, e o país se tornou ingovernável;
5. Não Criar mecanismos de comunicação de massa que pudessem divulgar mais positivamente as ações de seu governo;
6. Não lutar para implantar uma regulamentação mínima da imprensa e mídias, deixando a regra do jogo das comunicações menos injusta, menos concentrada na mão dos burgueses golpistas de sempre de plantão;
7. Montou um segundo ministério fraco, infiel, com políticos ocupando cargos que poderiam ser de bons técnicos, a fachada de sempre para as indicações políticas;
8. Não conseguiu melhorar a saúde pública, nem Lula também não o fez; o descaso, o caos e as mortes nos hospitais públicos é gritante e intolerável, foi sempre assim e não muda;
9. Na educação também não conseguiu mostrar avanços expressivos, significativos nem palpáveis para a maioria da população, já há muito tempo insatisfeita, mudanças que não podem mais esperar Brasil!
10. Não conseguiu criar impostos mais justos, taxando grandes fortunas, heranças, e os que ganham mais, a impressão que se tem é que a distribuição de renda parou de melhorar e os ricos ficam cada vez mais ricos, e insatisfeitos ...
11. A cultura poderia ser uma válvula mais acionada, prestigiada e ajustada para divulgar, levantar questões e debater um Brasil que quer continuar com as mudanças mais profundas, necessárias e urgentes.


  • Facebook
  • Google Bookmarks
  • linkedin
  • Mixx
  • MySpace
  • netvibes
  • Twitter
 

Eventos

Mundo vintage (clicar no título)

A l’origine, elle n’était qu’une légumineuse, noire ou verte, glissée dans une galette. Au fil du temps, en plastique ou porcelaine, elle a pris toutes sortes de formes. Aujourd’hui, la fève est un véritable objet de collection. D’où vient-elle ? Comment est-elle fabriquée ? Des réponses, ici.


Destaques de París

Cette exposition entend rendre compte, grâce à de nombreux documents originaux, du sort des homosexuels et des lesbiennes sous le régime nazi,entre stigmatisation, persécution et lutte pour la reconnaissance. Lire la suite, ici.

Notícias

La vie de Brian Jones
Un documentaire de Patrick Bouder (2020) sur la vie de Brian Jones, le fondateur et guitariste des Stones, sera diffusé le vendredi 22 janvier à 22 h 40 sur Arte. Avis aux fans...
 
Cri d'alarme de la Sacem
La société musicale d'auteurs (Sacem) pousse un cri d'alarme autour des auteurs compositeurs, les laissé pour compte de la grave crise en 2021. Certains sont sans aucun revenus. 
 
Les cathos homophobes filmés dans la partouze
A Bruxelles, un eurodéputé du parti d'Orbán de Hongrie (anti avortement & anti couple gay) pris dans une «lockdown partouze» gay
 
La dernière dédicace de John Lennon aux enchères

Le site Goldin Auctions propose une mise à prix minimale de 400 000 dollars du dernier album dédicacé par John Lennon, à celui qui allait l'assassiner. Les enchères sont prévues sur 18 jours.

 
Du fric dans le slip du sénateur brésilien
De l'argent destiné à la lutte pour la pandémie détourné par un sénateur brésilien caché dans son slip. Un proche de mister Bolsonaro !

Disco da semana

Au coeur de la France rurale- Bistro picard - 2016 - ©HM

Send your picture to be published at  : contact@micmag.net